Menu Fechar

MANUAL DE INICIAÇÃO E BOAS PRÁTICAS

Aqui encontrará informação acerca dos cigarros eletrónicos – produtos destinados à deliberação de nicotina, sem tabaco, combustão ou fumo. Apesar do presente manual se destinar maioritariamente a principiantes, a informação nele contida é válida e recomendamos a sua leitura a todos os utilizadores de cigarros eletrónicos.

NÃO DEVERÁ UTILIZAR CIGARROS ELETRÓNICOS, se:

Não é fumador ou não tem qualquer adição à nicotina

É menor de idade.

Está grávida.

Possui algum problema cardíaco.

BEM VINDO À VAPORIZAÇÃO!

INICIAÇÃO

1. Sou fumador e quero experimentar os cigarros eletrónicos. Por onde começar?

Se é novo no mundo da vaporização, questões como a escolha do dispositivo adequado, o líquido ideal ou intensidade de nicotina necessária, deverão ser analisadas cuidadosamente. O ideal e recomendado é procurar uma loja da especialidade, onde poderá encontrar aconselhamento profissional e eventualmente testar várias opções para a sua iniciação.

2. Que dispositivo devo comprar?

Quando se inicia, as preocupações ao escolher o seu primeiro cigarro eletrónico, são: custo, facilidade de uso e aparência.
A diversidade de opções é grande e, como tal, numa primeira fase, apesar de existirem casos diversos e que poderão requerer opções distintas, a simplicidade é essencial. Sugerimos que evite a complexidade das opções modificáveis e personalizáveis e, em vez disso, que se foque em algo fácil de usar, de manter e de entender.

3. De quanta nicotina preciso?

De acordo com a legislação, a concentração máxima de nicotina permitida nos líquidos é de 20mg/ml. Contudo, de acordo com o tipo de dispositivo e a potência à qual trabalha, estes 20mg/ml podem ou não ser demasiado. Por norma, a concentração de nicotina adequada para um dispositivo com potência regulada e não variável, estará entre os 9mg/ml e os 15mg/ml. Dispositivos cujas potencias podem ser ajustadas são, normalmente, usados com concentrações de nicotina entre os 3mg/ml e os 9 mg/ml. Todavia, a grande maioria dos utilizadores faz uso de dispositivos mais avançados, com potências maiores e cujas concentrações se situam entre os 1,5mg/ml e os 3mg/ml.

Em suma, os vaporizadores podem fornecer a nicotina que desejas, devendo o objetivo ser sempre o de reduzir a dependência da nicotina para níveis mais baixos e, eventualmente, deixar a adição à mesma.

4. Onde posso vaporizar?

De acordo com a legislação nacional, apesar de não existir combustão, ou seja, produção de fumo, os cigarros eletrónicos estão sujeitos à atual lei do tabaco e, portanto, restritos aos locais onde é permitido fumar. Tal como no tabaco convencional, mesmo onde é permitida a sua utilização, deverá imperar o bom senso, tendo especial atenção à quantidade de vapor produzida e ao eventual impacto em quem se encontra ao seu redor.

5. Que atitude devo ter quando sou observado ou criticado?

Muitas das dúvidas e questões que atualmente tem, são comuns a outras pessoas. Como tal, respeite a dúvida alheia e se, possível, ajude a esclarecer. Porém, acima de tudo, utilize o seu cigarro eletrónico normalmente e sem receios. Lembre-se que, mundialmente, existem 45 milhões de outros utilizadores e que, no espaço dum ano, é previsível que surjam 10 milhões mais.

Para mais informações, visite a página de “Perguntas Frequentes” da APORVAP

SEGURANÇA E BOAS PRÁTICAS

1. Líquidos

1.1. Antes de o adquirir o seu líquido, analise a sua composição (por norma, glicerina vegetal, propileno glicol, aroma e nicotina) e, como em qualquer outro produto, certifique-se que não é alérgico a nenhum dos componentes;

1.2. Lembre-se que, a nível nacional, os líquidos contendo nicotina só podem ser vendidos em embalagens com um máximo de 10ml e 20mg/ml de concentração máxima de nicotina. Todos eles deverão estar identificados, no seu exterior de forma visível, por intermédio de uma estampilha (selo) especial.

1.3. NÃO compre nenhum líquido contendo nicotina ou recargas de nicotina em vendedores não autorizados ou que não cumpram com os pressupostos acima identificados, sob pena de estar a colocar em causa a sua saúde;

1.4. Mantenha os seus líquidos com ou sem nicotina fora do alcance de crianças e animais.

2. Dispositivos

2.1. Utilize sempre o carregador original – ou outro homolgado e de igual especificação técnica – para carregar o seu dispositivo;

2.2. Não deixe o seu cigarro eletrónico a carregar durante a noite ou sem vigilância;

2.3. Sempre que não esteja a utilizar o seu cigarro eletrónico e, sobretudo, quando o transportar no seu bolso ou bagagem, bloqueie-o ou desligue-o. (De acordo com as instruções do fabricante);

2.4. Adquira, sempre, os seus produtos numa loja especializada, autorizada e legal e verifique que cumprem com as normas aqui mencionadas;

2.5. Mantenha os seus dispositivos fora do alcance de crianças e animais.

3. Baterias e seu carregamento

3.1. Nem todas as baterias podem ser utilizadas no seu cigarro eletrónico. Leia as indicações do seu dispositivo e certifique-se que a bateria que pretende adquirir cumpre com as mesmas.

3.2. Não transporte as suas baterias desprotegidas no bolso, ao lado de moedas ou chaves. Faça uso de caixas de transporte específicas para as baterias.

3.3. Adquira, sempre, as suas baterias e carregadores numa loja especializada, autorizada e legal e verifique que cumprem com as normas aqui mencionadas;

3.4. Verifique regularmente as suas baterias e, no caso de apresentarem alguma deterioração (ferrugem, rotura da capa protetora, amolgadelas, etc), não as utilize;

4. Resíduos

Como com qualquer produto, deverá seguir as recomendações relativas ao tratamento de resíduos, aplicados aos diversos consumíveis (dispositivos, baterias ou as garrafas de líquido).