Menu Fechar

Royal Australian College of General Practitioners adota os cigarros eletrónicos como medida positiva

Após a polémica publicação da Organização Mundial de Saúde e num momento em que os cigarros eletrónicos se encontram, novamente, sobre grande escrutínio, o Royal Australian College of General Practitioners prefere ser coerente com a realidade e adotar os cigarros eletrónicos como medida positiva.

A organização analisou cuidadosamente todas as evidências sobre a eficácia e a segurança da vaporização e determinou que é um auxílio legítimo para que os adultos possam deixar de fumar.

O Colégio reconhece que, recorrendo a tratamentos e métodos convencionais, muitos fumadores lutam para parar de fumar. Todavia, tal como em Portugal, mesmo com as melhores terapias, as taxas de abandono são modestas e a maioria vê o seu esforço repetidamente gorado. A única alternativa para muitos tem mesmo sido continuar a fumar.

É agora reconhecido e aceite que os cigarros eletrónicos se apresentam como uma solução, na medida em que, por simularem a “experiência de fumar” – incluindo a sensação de fumar, o ritual mão/boca, os aspetos sociais do fumo e a entrega de nicotina – fornecem aos fumadores uma solução eficaz, sem os milhares de produtos químicos tóxicos da queima do tabaco.

Parabéns Austrália e Australian Tobacco Harm Reduction Association (ATHRA)!

Artigos Relacionados