Menu Fechar

França inclui os vaporizadores na campanha “Mês sem tabaco”.

EU ESCOLHO A VAPORIZAÇÃO

Na quinta edição do ‘Mês sem Tabaco’ a posição do organismo de saúde publica Francês é clara: “o vaporizador pessoal é uma alternativa para ajudar a acabar com o tabagismo“.


A França, baseada nas inúmeras evidências científicas disponíveis, passou a incluir a vaporização como ferramenta para cessar o consumo tabágico.


Ao contrário do cigarro convencional, o vaporizador pessoal não apresenta combustão, evitando as substâncias muito tóxicas libertadas pelo fumo, como o monóxido de carbono ou alcatrão. Por este motivo, recomenda este organismo público que pare completamente de fumar – porque até mesmo um ou dois cigarros por dia representam riscos para a sua saúde -, concluindo que, ao vaporizar, o risco de desenvolver doenças graves diminui.


De acordo com a Cochrane, instituição credenciada que se dedica a realizar revisões sistemáticas de estudos de investigação em políticas e cuidados de saúde humana, concluíram que os vaporizadores pessoais são mais eficazes que pensos, pastilhas de nicotina ou outros fármacos.


A APORVAP saúda a França e a sua organização de saúde pública, por este grande passo em prol da melhoria de saúde e da qualidade de vida dos seus cidadãos.

Fontes:

Artigos Relacionados